A Hora do Chá

Por Leonardo Costa

Além de combinações deliciosas, ele proporciona muitos benefícios à saúde.

Se existe um hábito que poderíamos adotar dos ingleses é a hora do chá. Diariamente, estaríamos contribuindo de forma positiva para a nossa saúde. O chá pode ser considerado como uma bebida capaz de proporcionar inúmeros benefícios para o nosso corpo e mente. São relaxantes e podem nos ajudar a tratar e prevenir diversas doenças.
Se você gosta de uma boa leitura, não precisa fazer isso sozinha. O chá pode se tornar um maravilhoso companheiro para ler um bom livro. Dependendo das propriedades do chá, ainda vai contribuir para você se acalmar como a camomila ou a erva-doce.

Na medida certa

Não é por ter a sua origem orgânica ou ser um produto natural que devemos ignorar os efeitos do consumo em excesso. É preciso respeitar as quantidades recomendadas de acordo com as propriedades e potencialidades das substâncias de cada planta ou composição e combinação de cada chá.
Em excesso, eles podem causar reações adversas como náuseas, aumento da pressão arterial, diarreia e desconforto estomacal, além de interações medicamentosas. É indicado procurar um especialista em fitoterapia e informar a sua intenção em complementar o seu tratamento atual com chá. O especialista irá avaliar os riscos que poderão ocorrer com as interações dos princípios ativos de cada elemento do tratamento.

Infusão ou Chá?

Chá, só existe um. O verdadeiro é reconhecido como a infusão de uma planta chinesa, a Camellia Sinensis, utilizada no Chá Verde, Chá Branco, entre outros. Ou seja, no universo dos chás, infusão é toda a bebida resultante da imersão de plantas, flores e frutas ou especiarias em água quente. Lembre-se que na hora do chá, você irá beber uma infusão. Mas, como não queremos abandonar o glamour da palavra, nesta matéria continuaremos a utilizar a palavra chá.

Como preparar

Há quem pense que basta colocar a água pra ferver, junto com as folhas, e depois coar. Para fazer um chá de qualidade é preciso respeitar a técnica milenar que traz em suas receitas referências desde a temperatura da água até a sua proporção em relação à substância que será utilizada. Para não errar, siga sempre as instruções nas embalagens ou pergunte ao especialista que fornece o produto natural.
Basicamente, cada substância tem a sua dose para uma proporção de água. Esta água deve ser aquecida a uma determinada temperatura, geralmente entre 70° e 95° C. Após retirar a água do fogo, é o momento de colocar as ervas, frutas, especiarias ou suas combinações para o tempo de infusão, abafando até 5 minutos. Durante este contato com a água aquecida, as propriedades medicinais são transferidas para ela compondo o “chá”. Se for colocar na geladeira, coe e deixe esfriar. Suas propriedades podem ser conservadas por até 24h.

Combinações

Na filosofia do chá, muitas são as possibilidades de combinações, que podem ter como referência a sua funcionalidade, sabor ou aroma. Por exemplo, o Chá Vermelho pode ser combinado maçã, alfarroba e pedaços de morango. Com um sabor frutado e aquele leve toque terroso, ele é depurativo e digestivo. Além de ser antioxidante e anti-inflamatório.
Há quem prefira um tom mais energético como o Chá Preto acrescentado de laranja, baunilha, rosas, marianinha e girassol, com aroma e sabor doce de frutas. Riquíssimo em teína, muito funcional na proteção contra os danos da exposição aos raios UVA e UVB e dos radicais livres. Claro que, ele não substitui os protetores solar.
E, você? Qual seria a sua combinação favorita? Maçãs, folhas de amora silvestre, erva cidreira, anis estrelado e um pouco de mel? Encontre a sua combinação favorita e leve este hábito saudável para o seu dia a dia.

Viva o Chá

No dia 21 de maio é comemorado o Dia Internacional do Chá. Ele está presente em diversas culturas como chinesa, brasileira, indiana e mexicana. Em nossa pesquisa, encontramos uma publicação no site do Hospital Oswaldo Cruz com algumas dicas:

Erva Doce
Até 2 xícaras/dia.
Estimula o apetite e a digestão. Tem propriedades diurética e expectorante, além de favorecer a coagulação sanguínea, construção muscular, formação de dentes e ossos, e transmissão dos impulsos nervosos. Contém celulose, cálcio, fósforo, vitaminas do Complexo B e niacina.

Chá Preto
De 2 a 3 xícaras/dia, sem adoçar.
Tem betacaroteno, teofilina, magnésio, potássio, ácido fólico e vitaminas B1, B2 e C. Faz bem aos ossos, batimentos cardíacos, músculos, nervos. Ajuda no metabolismo das proteínas e melhora a respiração de quem tem asma.

Camomila
Até 2 xícaras/dia.
Suas propriedades ansiolíticas, sedativas e calmantes podem ajudar a diminuir o estresse e a ansiedade. Também apresenta efeito antiespasmódico, anti-inflamatório e digestivo. Contém ácidos graxos e salicílico, colina, flavonoides e polissacarídeos.

Boldo
Até 2 xícaras/dia.
Ele é muito conhecido por ajudar com dores estomacais e os males do fígado. Suas substâncias (alcalóides, taninos, flavonoides e glicolipídios) ajudam no trabalho da vesícula biliar, que consequentemente facilita a digestão de gorduras.

Chá Verde
Até 5 xícaras/dia, sem adoçar.
Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e cáries. Além de combater o envelhecimento precoce das células, também evitar alguns tipos de câncer. Acelera o metabolismo, ajudando na queima de gorduras, pois fornece mais energia que a cafeína pura. Ele tem ação anti-inflamatória, antigripal e fornece vitaminas e minerais como manganês, potássio, ácido fólico, C, K , B1 e B2.

Erva Mate
Até 2 xícaras/dia.
Muito boa pra eliminar o cansaço, pois ela estimula as atividades física e mental, atuando de forma benéfica sobre os nervos e músculos. Sem efeitos colaterais como a insônia e irritabilidade, ela tem um efeito estimulante mais prolongado que o café. Também atua na digestão e favorece a evacuação e mictação.

Hortelã
Até 2 xícaras/dia.
Pra quem sofre da Síndrome do Intestino Irritável, ele é muito útil, pois aumenta a secreção dos sucos digestivos, melhora as contrações musculares do estômago, alivia gases, náuseas e enjoos matinais, além dos espasmos no intestino. Contém vitaminas A, B e C, cálcio, ferro, potássio e fósforo.

Erva Cidreira
Até 2 xícaras/dia.
Tem propriedades calmante e sedativa, ajuda a combater os gases intestinais e dores musculares. As mulheres podem utilizar para regular a menstruação. Caso tenham cólicas, ele também tranquiliza e relaxa. O seu efeito tônico depurativo é muito aproveitado pelas pessoas com gripe e febre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.