Arraial do Cabo

Por Leonardo Costa

Um dos paraísos brasileiros que não pode ficar de fora do seu roteiro durante o verão.

Mais um verão se aproxima e não podemos perder a oportunidade de conhecer novos lugares. Para quem gosta de curtir sol, esportes, ecoturismo com trilhas e aventuras marinhas, Arraial do Cabo é uma alternativa maravilhosa. Com mais de 152 Km² de maravilhas naturais, o município da Região dos Lagos tem praias paradisíacas que encantam os seus visitantes.

Arraial do Cabo é uma cidade que seus parques e praias oferecem um roteiro repleto de atividades ao ar livre. Aquele contato com a natureza que recarrega as suas energias ao sol. Suas praias de águas claras e areias brancas transbordam beleza. Dentre as principais atrações estão a famosa Praia do Farol, o Mirante do Pontal do Atalaia, a Fenda de Nossa Senhora e os mais variados pontos de mergulho.

Como chegar
De carro, saindo do Rio de Janeiro, pegue a Ponte Rio-Niterói e siga a saída da esquerda, pela Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), sentido Região dos Lagos. Pegue a Via Lagos (RJ-124) até São Pedro D’Aldeia e a RJ-140 até Arraial do Cabo. Aconselhamos uma pesquisa no Google Maps para auxiliar no trajeto. De acordo com o aplicativo, Arraial fica a 164 km do Centro do Rio de Janeiro, com uma previsão de 2h e 22 min de viagem.

Não se esqueça que em finais de semana e feriadões o tempo de trajeto ficará um pouco maior. E, lembre- se dos pedágios do itinerário e da revisão do veículo, importantíssima para a segurança de todos. Em grupo a viagem sempre fica melhor e ainda com a possibilidade de revezamento na direção.

Quem preferir ir de ônibus, sem problemas. O Terminal Rodoviário Fernando Barros Pessoa fica localizado na Praça Castelo Branco, bem no Centro da cidade de Arraial. Segundo o site rodoviariaonline, sete viações fazem o itinerário até Arraial: 1001, Águia Branca, Andorinha, Araguarina, Atual, Auto Viação Catarinense e Bragança. Ao pesquisarmos site de vendas de passagens, encontramos tickets a partir de R$ 55,00 (convencional) e R$ 81,00 (com ar-condicionado), partindo da Rodoviária Novo Rio.

Onde ficar
Apesar da estrutura simples da cidade, existem várias opções de hospedagem. Desde hotéis caros à hospedagens mais acessíveis como hotéis simples, hostels, casas de temporada, Airbnb, pousadas e campings. Pensando em sempre proporcionar a melhor das experiências em hospedagem, a ASSIST tem parcerias com pousadas e hotéis, com descontos especiais para os seus associados. Basta fazer uma consulta em nosso site e descobrir mais uma opção para a sua estadia.

As praias de Arraial são conhecidas mundialmente. Todas são contempladas com águas claras e areia fina. Algumas têm águas mais cal mas e outras mais agitadas, devido ao mar aberto. Ao chegar ao porto é fácil encontrar a oferta de passeios de barcos pelas praias, além de táxi boat para ir a alguma praia específica.

Não espere águas quentes ao visitar as praias de Arraial, a temperatura média pode variar entre 15ºC e 22ºC, ao longo do ano. O que gera uma visibilidade perfeita para observarmos a vida marinha. Moreias, nudibrânquios, camarões-palhaços, anêmonas, polvos e tartarugas são algumas das espécies que vivem na região. É quase que impossível você fazer um passeio de barco e não ver uma tartaruga.

Mergulhe
Depois de Fernando de Noronha, a cidade de Arraial do Cabo é considerada por algumas pessoas como o segundo melhor lugar de mergulho do Brasil. São mais de 30 pontos de mergulhos reconhecidos pelas várias agências e operadoras de mergulho, que disponibilizam o serviço na região, com o aluguel de todo o equipamento e acessórios necessários.

Para os marinheiros de primeira viagem, são disponibilizados os chamados “mergulho de batismo”. É a opção para as pessoas que ainda não viveram esta experiência, com o cilindro de mergulho. O batizado é acompanhado por um mestre em mergulho o tempo todo, desde as orientações preliminares, equipagem, passeio sub até o retorno ao barco. Ele é feito individualmente, com uma duração de fundo de aproximadamente 30 a 40 minutos, com uma profundidade média de 2mts a 7mts.

Ao pesquisarmos sobre o assunto, encontramos algumas dicas bem legais. No dia do mergulho, não ingira no café da manhã derivados de leite, pois podem causar enjôos. Se estiver com algum congestionamento nasal, é melhor adiar a atividade. Não se esqueça de levar toalha, roupas secas e roupas de banho. Após o mergulho, é aconselhado aguardar 18h para voar.

Antes de fechar o mergulho, preste atenção em quais serviços e equipamentos estão incluídos. Para que não seja surpreendido com algum custo extra com aluguel, alimentação e taxa de embarque paga no Porto. Geralmente, já estão inclusos roupas, máscara, nadadeiras e demais equipamentos, além de lanche, água e refrigerantes. Fica a dica, se organizar aquele grupo de amigos ou família é possível conseguir um desconto promocional.

O mergulho proporciona uma sensação maravilhosa de imersão e liberdade em um mundo fascinante. O contato com a natureza marinha é encantador. Milhares de pessoas são adeptas a esta atividade. Como é o caso do André Monteiro(30), que já mergulhou mais de três vezes. “A vida marinha é linda! Os animais, os corais, as cores que encontramos debaixo d’água. É tudo muito lindo! Você não percebe o tempo passar”, afirma.

Pontos de Mergulho
Um fator positivo dos pontos de mergulho de Arraial é que a maioria pode ser alcançado em 20 minutos de navegação. Apesar de estarem bem próximos, eles apresentam condições bem diferentes de mergulho, em relação à fauna, profundidade, substrato e correntes. Para os iniciantes, é aconselhado o mergulho nos pontos: Fortaleza, Flutuante, Ponta D’Água e Gato. São locais com pouca profundidade, entre 5 e 10 metros.

Já nos pontos Cardeiro, Cherne e Ilha dos Porcos, pode-se encontrar uma fauna abundante, com cavalos-marinhos e corais flutuantes. Os pontos sinalizados como ideais para vermos tartarugas, lagostas, raias-prego, ticonhas, raias-chita e peixes de passagem, são: Abobrinha, Escadinha, Anequim e Ponta Leste. São locais com profundidade média de 12 metros, podendo chegar a 27 metros na Ponta Leste.

Trilhas
A trilha para a praia do forno é considerada a mais famosa. Ela tem aproximadamente 540 metros, com algumas subidas. O seu início fica à esquerda do cais da Praia dos Anjos. No alto da trilha não deixe escapar aquela foto panorâmica com a Praia do Forno ao fundo. Da praia, pode-se continuar outra trilha, um pouco mais longa (aproximadamente 5,25 Km – 1h34min), até o Mirante do Forno ou do Papagaio.

A trilha do Morro do Vigia tem acesso pela Praia Grande. É considerada como de fácil acesso, com alguns pontos de subida e descida, com aproximadamente 30 minutos de percurso. Possui uma vista panorâmica maravilhosa da restinga da praia e perfeita para o pôr do sol.

Não se esqueça de usar calçados confortáveis, roupas leves e protetor solar. Além de se hidratar durante a caminhada. Leve lanches leves e nutritivos. Não deixe nenhum lixo nos locais visitados. O que levar, traga de volta. E nunca leve algum item da natureza como recordação. Seja consciente e ajude a preservar a nossa natureza.

As praias mais conhecidas

PRAIA DO PONTAL DO ITALAIA
Onde fica a famosa escadaria de madeira. A água é sempre calma e muito transparente. Digna de comparação com o Caribe. A atração principal é assistir ao por do sol no Morro do Pontal. Possui alguns quiosques.

PRAIA DO FAROL
Classificada como uma das mais belas de toda a Região dos Lagos. A praia é protegida pela Marinha. O acesso é restrito e limitado, com passeios autorizados e permanência na praia de 30 minutos. Não disponibiliza pontos de venda e quiosques.

PRAIA DO FORNO
O acesso é por trilha simples ou se preferir barco taxi. É um ótimo lugar para snorkeling. Devido ao morro que abriga a praia, o sol pode se esconder a partir das 15h30. Há quiosques ao longo da praia, com aluguel de cadeiras, guarda-sol e alimentação.

PRAIA GRANDE
Ela se estende de Arraial do Cabo até Saquarema. A maior e com ótimas ondas para quem gosta de surfar e praticar outros esportes náuticos. O Mirante proporciona uma visão panorâmica da praia. Tem quiosques e quanto mais caminhar para a direita, mais tranquila e deserta ela fica.

PRAIA BRAVA
Praia mais reservada e com acesso um pouco mais difícil através da Trilha Morro do Pontal do Atalaia. Ela é de mar aberto, com um esplêndido tom de azul. Ótima para fotos panorâmicas. Normalmente é frequentada por surfistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.