LOUCURAS DO VERÃO

Por Leonardo Costa

Com a chegada da estação mais quente do ano, algumas medidas extremas para perder peso e alcançar o corpo perfeito podem prejudicar a sua saúde.

Há quem tenha como meta uma vida saudável, um novo emprego ou até mesmo uma viagem. Alguns se planejam o ano inteiro para estar saudável no verão. Outros, que não se planejaram já entram naquele ritmo frenético de academia, dieta e procedimentos, que muitas das vezes acabam colocando em risco a própria saúde e se afastando cada vez mais do estilo saudável. Este estilo de vida pode nos afetar em diversos níveis.

É fácil encontrarmos a oferta de produtos e serviços que prometem trazer o corpo perfeito em sete dias. Mas, a que preço? É preciso ter muita calma nesta hora e entender que o nosso corpo tem o seu ritmo e que ele precisa ser respeitado. Um procedimento ou medicamento que prometa entregar a curto prazo o corpo que desejamos, nem sempre será a melhor opção.

Mente saudável
Cada pessoa tem a sua estrutura, com características específicas. A singularidade de nossas diferenças é que constrói a beleza do ser humano. Quando entendemos isto, podemos aceitar melhor o que o nosso corpo nos apresenta. Claro, que com uma boa alimentação e atividades físicas podemos aprimorar o desenvolvimento e resistência do corpo, melhorando a nossa aparência e qualidade de vida.

Mas, antes de tudo, é preciso introjetarmos a ideia de que tudo acontece no seu tempo. Não temos como, de forma saudável, acelerar os resultados e alcançar alguns objetivos estéticos. Não controlamos o universo e o desempenho que o tempo exerce em nossas vidas, como o simples fato de envelhecer. Leandro Karnal, em uma de suas palestras, apresentou a reflexão de que não controlamos a morte que virá, mas que entre o nascimento e a morte podemos controlar muitas coisas, como as nossas escolhas.

Para que tenhamos uma vida plena, precisamos nos reconstruir. Assim como afirmavam os antigos filósofos gregos, a vida pode ser mais racionalizada. Crie um momento de reflexão para entender o que você está fazendo de si mesmo. Se, esta é a vida que você está querendo levar? A vida é apresentada como algo muito curto. Estamos passando os melhores momentos com quem queremos, com pessoas agradáveis? Filósofos aconselham a se desfazer de alguns valores que não conduzem a uma vida saudável, como dietas radicais e excesso de exercícios.

“Em nossa sociedade é comum sermos bombardeados por propagandas e materiais de entretenimento que nos conduzam a ideia de um corpo perfeito fora de nossa realidade.”

Dietas
Muitas dietas aparecem com a promessa de perda de peso milagrosa. Além de contribuir para famoso efeito sanfona, elas também podem diminuir drasticamente a ingestão de vitaminas essenciais para o nosso organismo. Além de causar problemas emocionais e até mesmo uma série de complicações para a saúde. É preciso fazer uma educação alimentar mais saudável, rica em nutrientes, vitaminas e minerais.

O melhor caminho apontado por especialista para a perda de peso e uma vida saudável é o investimento em bons hábitos alimentares e atividades físicas regulares.

A restrição na ingestão de carboidratos pode causar diminuição do metabolismo, fadiga, cansaço e tontura. Já o alto consumo de proteínas pode causar aumento da concentração de compostos químicos que elevam o risco de problemas cardiovasculares. Quando há queda de serotonina, por exemplo, podemos sentir irritabilidade, ansiedade, depressão e até mesmo insônia. Tudo para alcançar um corpo perfeito, dentro de um padrão que desrespeita a individualidade. Mas, o quê é um corpo perfeito?

Corpo perfeito
Atividades físicas fazem bem à saúde e qualquer pessoa pode praticá-las. Basta encontrar aquela que lhe dá mais prazer e respeitar os seus limites. É sempre bom equilibrar a tonificação muscular com o aeróbico. Caminhar pelo bairro, correr, andar de bicicleta, dançar e até mesmo passear com o cachorro estão dentre as opções.

Os benefícios vão desde a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis como as cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, diabetes e câncer de mama e de colo de útero, até o ganho muscular e um melhor condicionamento físico. Mas, tudo ao seu tempo. O plano de ação global sobre atividade física, lançado em 2018 pela Organização Mundial da Saúde, tem como objetivo criar sociedades mais ativas, mas não apenas para o verão.

É comum percebermos a superlotação nas academias. Quanto mais perto do verão, maior é a frequência nas unidades. Um frenesi para alcançar o corpo perfeito em pouco tempo. Talvez pela incapacidade de esperar o desenvolvimento correto do corpo. Algumas pessoas acabam adotando a suplementação de substância como agentes anabólicos, hormônios e até mesmo a inserção de próteses, para alcançar a perfeição.

A pressão para perda de peso em curto espaço de tempo, além de não funcionar, ainda pode causar estado de estresse. Segundo especialistas, o estresse pode ocasionar o aumento de cortisol, não permitindo que o corpo queime gordura, devido a necessidade de equilíbrio do sistema nervoso. É recomendado que não se treine intensamente todos os dias, que intercale com alguma atividade relaxante.

Um corpo perfeito é um corpo saudável. Então, lembra o alerta da dieta? Caso tenha preguiça, fazer uma atividade em grupo é estimulante. Não esqueça de sempre consultar um profissional de atividade física antes de fazer algo mais rigoroso ou aumentar o tempo. O uso de plástico ao redor do corpo não é aconselhável. Ele pode aumentar a desidratação e a temperatura corporal.

Bronze dourado
Durante o verão, as atividades ao ar livre aumentam consideravelmente. E, neste período, consequentemente, estaremos com maior incidência de radiação solar e não podemos deixar de lado a fotoproteção. É possível encontrar produtos que oferecem proteção imediata contra vários elementos agressores como os raios UVA e UVB, cloro e água salgada do mar.

Sem contar que, um dia de atividades ao ar livre sem proteção solar irá trazer aquela ardência na pele ao final do dia, junto com a marca dos óculos no rosto, da camiseta, da bermuda, do relógio ou pulseira no corpo. Para quem curte uma marquinha de sol, essas devem ser um pouco indesejadas.

Uma forma saudável de obter um bronzeamento é ingerir sucos naturais que contenham vitaminas A e C, como cenoura e beterraba. Utilize o protetor corretamente, renovando a aplicação no intervalo adequado. Aumente o consumo de líquidos para a hidratação da pele. Evite banhos quentes e abuse dos cremes hidratantes. A sua pele é o órgão que mais está exposto as condições externas e precisa de todo este cuidado.

Já se perguntou o motivo de nunca conseguir aquele bronzeado? Você sabia que a pele tem a sua pigmentação constitutiva, herdada geneticamente (sem a influência da radiação solar), e a cor facultativa, resultante da exposição ao sol. Segundo a escala Fitizpatrick, criada em 1976 pelo médico norte-americano Thomas B.Fitzpatrick, existem 6 fototipos de pele. Com os seus respectivos graus de queimadura, bronzeamento e sensibilidade ao sol.

A escala nos ajuda a entender melhor a razão dos diferentes tons de bronzeamento, vermelhidão e sensibilidade aos raios solares. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia existem as peles branca, morena (clara, moderada e escura) e negra. Ou seja, uma pessoa do fototipo branca nunca terá o mesmo tom de bronzeamento do moreno moderado.

Bronzeadores podem até prometer uma cor dourada e uma pele mais morena, mas nunca na cor que não corresponda ao seu fototipo. Utilizar chá da folha de figueiras e até mesmo óleos para se bronzear podem causar queimaduras graves. Assim que a pele se recuperar da inflamação solar irá descascar e poderá deixar manchas, que levarão muito mais tempo para desaparecer.

Em nossa sociedade é comum sermos bombardeados por propagandas e materiais de entretenimento que nos conduzam a ideia de um corpo perfeito fora de nossa realidade. A perfeição está em nossas diferenças e na capacidade de nos mantermos saudáveis respeitando os nossos limites. Adote hábitos saudáveis, dê tempo ao seu corpo e se surpreenda com a melhora na sua qualidade de vida. Então, qual será o melhor caminho?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.