VINHO

Conheça os tipos de vinho e encontre o seu.

Por Leonardo Costa

Se você gosta de vinho, mas ainda não conhece os detalhes dos tipos e variedades da produção brasileira e mundial, nós vamos lhe ajudar a conhecer um pouco mais sobre esta bebida maravilhosa. Divirta-se, experimente e faça a melhor combinação para você!

Cada vinho é único devido as suas características peculiares das uvas utilizadas, as técnicas de vinificação, regiões e algumas tradições (que sempre trazem algum segredo) que irão contribuir para o produto final, o vinho. O Dia Mundial do Vinho é comemorado em 18 de fevereiro, mas não precisamos esperar a data para homenagear a bebida.

SAÚDE

Algumas pesquisas já comprovaram que beber vinho poder trazer alguns benefícios para a saúde. Ele pode ajudar com problemas no coração, diabetes, digestão e inclusive depressão. O consumo moderado de até 2 taças por dia
pode reduzir em até 20% o risco de doenças cardíacas. O vinho tinto, rico em polifenóis (da casca da uva) equilibram o colesterol e inibem a formação de placas de gordura no sangue e de trombos. Além de fazer bem a pele, prevenir obesidade e aumentar a longevidade.

VINHO

Segundo a Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), a origem da palavra vinho vem do grego “oinos”. Mas, podemos encontrá-la em diversos idiomas: Vinum em latim; wein e wine nas línguas germânicas e anglo-saxônicas, que podem signi vinho e videira; vena em sânscrito, proveniente da raiz vem (amar, de onde provém Venus).

Legalmente, na união europeia, o vinho é definido como “o produto obtido exclusivamente por fermentação parcial ou total de uvas frescas, inteiras ou amassadas ou de mostos (sumo de uvas frescas resultante de prensagem da fruta). Curiosidade: Com 100 quilos de uvas espremidas obtém-se entre 65 e 75 litros de líquido.

Já no Brasil, “o vinho é considerado como a bebida obtida pela fermentação alcoólica de mosto de uva sã, fresca e madura, sendo proibida a aplicação do termo a produtos obtidos a partir de outras matérias-primas”, afirma o site da Fecovinho. E, para você, o que seria o vinho?

TIPOS

Branco ou tinto? Consumidores menos exigentes podem não perceber, mas existem mais tipos de vinho do que se imagina. As variações são as mais deliciosas possíveis. Além da referência de pigmentação da uva utilizada para a fabricação do vinho podemos encontrar os tipos espumantes, frisante e sobremesa. Qual o tipo de vinho que você mais gosta?

TINTOS:

De coloração vermelha, a sua tonalidade pode variar com diferentes intensidades entre púrpura e granada. A casta utilizada, o nível de maturação, métodos de vinificação e a idade do vinho são alguns elementos que irão influenciar na tonalidade. Pode ser encontrado num estilo mais leve e frutado, de corpo médio, encorpado e doce.

BRANCOS:

Leves e refrescantes, ele é muito procurado em épocas quentes e considerado ideal para pratos leves. White, blanc, blanco ou Weiss, a sua principal característica é a sua cor que pode variar entre tom de amarelo palha até o dourado ou âmbar. Tradicionalmente feito com uvas brancas, ele pode ser produzido por prensagem, fermentação alcoólica ou envelhecimento.

ROSÉS:

Rosado, a sua tonalidade pode variar de uma cor rosa translúcida até um vermelho pálido. Ele é considerado como delicado e versátil, por conseguir uma harmonização com diversos pratos. Podem ser utilizados 4 métodos de produção, sendo a prensagem direta, maceração curta, sangria e mistura.

ESPUMANTES:

Recebem a adição natural de gás carbônico num segundo momento de fermentação, que pode acontecer por dois métodos. Champenoise com 2ª fermentação na própria garrafa ou Charmat com 2ª fermentação em tanques de aço inoxidável. Com teor alcoólico entre 10 e 13%, tem uma presença maior de gás em sua composição.

FRISANTE:

É diferenciado pela leve quantidade de gás carbônico, concedendo um tom mais refrescante. Ele é mais delicado que o espumante com teor alcoólico entre 7 e 14% e a sua adição de gás pode ser natural no momento da fermentação ou artificial após o vinho já estar fermentado.

Imagem de Mulher degustando vinho

DEGUSTAÇÃO

A cena do sommelier apresentando o vinho e o cliente fazendo todo um ritual para escolher o que mais lhe agrada parece ser difícil. Porém, é um pouco mais simples. Confira as dicas de como fazer uma boa degustação.

OLHAR

Preste atenção na cor, quanto mais escura a tonalidade, mais antigo é o vinho. Ao inclinar a taça preste atenção no degradê que se formará do centro da taça até a borda. Quanto mais evidente o halo de evolução do degradê, mais jovem é o vinho.

CHEIRAR

Aqui o desafio é desvendar as camadas aromáticas. Mas, isso irá evoluir com a prática. A fragrância é discreta ou expressiva, as frutas são maduras ou frescas, consegue identifica-las, existem aromas secundários ou terciários? Os aromas são diversos como cereja, ameixa seca, charuto, couro animal, baunilha, chocolate e outros.

BEBER

Chegou o melhor momento! Aqui precisamos perceber os níveis de acidez (o quanto você saliva ao gole), tanino (adstringência ou sensação de secura), álcool e o corpo do vinho. Por último, analise por quantos segundos você continua sentindo os sabores do vinho, a persistência.

ESPECIALISTAS

Enólogo:
Responsável pela elaboração
do vinho e acompanha todas
as etapas da fabricação.

Sommelier:
O profissional responsável pelo portfólio, compra, armazenagem, gestão das adegas dos restaurantes e atendimento aos clientes, propondo harmonizações.

Enófilo:
Conhecedora do assunto, é
aquela pessoa, que pode ser
você, apaixonada por vinho.

DICAS DE HARMONIZAÇÃO

  • Tente usar os mesmos adjetivos para o vinho e o prato.
    Vinho leve para pratos leves;
  • Adicione vinho às receitas com legumes e verduras para equilibrar os elementos;
  • Para pratos apimentados, vá de brancos pouco alcoólicos;
  • Experimente as contradições. Vinho doce com queijo mais salgado;
  • Tábuas de queijos harmonizam melhor com os brancos;
  • Comida japonesa? Vinhos brancos ou tintos leves;
  • Carnes robustas são bem servidas com vinho tânico e encorpado;
  • Pratos versáteis com queijos, salaminho e amendoim combinam com a uva tempranillo;

Fonte: evino.com.br/blog/harmonizacaodevinho

SÓ PARA VOCÊ!

Para ampliar a sua experiência no mundo dos vinhos, a ASSIST disponibiliza uma parceria maravilhosa com duas lojas especializadas em vinho, a Bergut e a Evino, com descontos especiais para os Associados. Basta acessar a página de “Parcerias e Convênios > Alimentação” e ver como utilizar o desconto. As lojas também têm ofertas mensais e kits temáticos para aproveitar com o Love e os amigos. Além de artigos da Evino com receitas e dicas de como aproveitar cada tipo de vinho. Aproveite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.