Qual a forma correta de fazer uma corrida?

Foto de homem correndo à beira-mar

Correr corretamente significa se prevenir contra lesões, ao mesmo tempo em que usufrui de todos os benefícios do exercício físico. Por isso, é a forma que deve ser preferida e que todos que praticam atividade física devem conhecer.

Entre as principais práticas, estão o cuidado com a postura, com a posição das pernas e até mesmo com os equipamentos de corrida que você usa. Leia até o final e descubra como fazer suas corridas da forma mais saudável!

Comece com o tênis e as roupas apropriadas para corrida

Para começar com as suas corridas e com o atletismo, você deve se preparar primeiro. Isso significa ter os equipamentos certos para praticar essas atividades. 

Sem os tênis corretos, há um risco maior de lesão. Além disso, o seu desempenho durante a atividade também deve ser pior caso não tenha os apropriados.

Mas como escolher corretamente? Bom, ele deve ser confortável ao mesmo tempo em que ofereça uma boa absorção do impacto. O ideal é realizar testes na loja para verificar se ele está de acordo com a sua pisada.

Com relação às roupas, elas devem ser, além de confortáveis, leves. Prefira principalmente materiais que absorvam o suor, pois são os mais indicados. 

Para corridas ao ar livre, óculos de sol, protetor solar e boné também são indicados. Ah, e independente da ocasião leve água para se manter hidratado. Se for uma corrida longa, pode levar barrinha de cereal também.

Respire corretamente enquanto corre

Foto de mulher vestida de pretocorendo

Respirar corretamente enquanto corre significa ter um melhor desempenho sem ter de fazer pausas. Por certo, o ritmo é algo que se atinge com o tempo, mas é importante treinar desde o começo.

Para respirar durante as corridas, não há necessidade de seguir técnicas mirabolantes. O principal é inspirar preferencialmente pelo nariz e expirar preferencialmente pela boca de forma cadenciada.

Caso sinta que está ficando sem ar, significa que chegou ao seu limite. Então, o indicado é parar um pouco e retomar a corrida. Até ter um bom ritmo, tente começar com menos exigência, aumentando aos poucos.

Saiba manter a postura da coluna para correr corretamente

Correr corretamente significa ter a coluna bem ajustada. O ideal é mantê-la ereta, de modo que seja possível levantar os joelhos a uma boa altura enquanto você pratica o exercício. O tronco precisa estar inclinado levemente para a frente.

Isso também possibilita que os seus calcanhares levantem bastante, deixando a passada mais rápida. Com relação às mãos, mantenha elas próximas aos quadris, assim não atrapalham e ficam bem posicionadas.

O pé não precisa ter uma passada muito à frente do corpo, pois isso diminui um pouco seu ritmo. Passadas curtas podem ser melhores. O posicionamento do corpo deve acompanhar as pernas.

Se precisar, fortaleça a musculatura previamente

Foto de pessoa fazendo exercício em academia de ginástica

Se você é sedentário e está começando a correr só agora, então é melhor se preparar. Isso significa fortalecer a musculatura das pernas, para que você aguente correr com menos riscos de lesões nessa região.

A musculação, por exemplo, é uma ótima opção. Opte por treinamentos de força e de resistência. O foco deve ser nos músculos propulsores, em especial os dos glúteos, do quadríceps e da panturrilha.

É importante ressaltar que, ao correr corretamente, o seu rendimento vai melhorar aos poucos. Ou seja, o treino é sempre uma ferramenta para tornar ainda melhor o seu rendimento. Ninguém começa no seu auge.

Saiba como pisar no solo

A última dica importante é sobre a pisada. Antes, já falamos um pouco a respeito do posicionamento do corpo. Agora, o foco é especificamente nesse aspecto.

Por certo, seu tênis deve ter um bom amortecimento. Ainda assim, é necessário saber como pisar para melhorar ainda mais a absorção do impacto. A parte ideal do pé que deve entrar primeiro em contato com o solo é a parte do médio pé.

Sobre o calcanhar, ele não deve ser colocado com muita força no chão. A parte da frente do pé é a que mais gera propulsão e que deve ter o maior contato.

Além disso, saiba que, em geral, quanto menor o tempo que seu pé estiver posicionado no chão, menos energia será despendida. Ou seja, passadas curtas e rápidas podem ser excelentes ideias visando um melhor rendimento.Gostou de conhecer essas dicas? Então venha se exercitar com a ASSIST! Clique aqui e saiba como!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.